Criar uma persona se trata de saber, com clareza, quem são seus clientes em potencial. Seus interesses, dores, onde moram, com que renda vivem.

 

Nesse post você vai aprender como definir uma persona para seu negócio, seja você possuidor de uma enorme lista de clientes ou não.

 

Vamos lá?!

 

Porque ter uma persona

 

Persona nada mais é que a base, o ponto de referência que vai guiar todo seu marketing.

 

Sem uma persona definida, você pode facilmente cometer o erro de direcionar a publicidade da sua empresa para um perfil que nunca compraria de você. Ou seja, seria o equivalente a queimar combustível na marcha errada, onde você gasta muito e percorre pouco.

 

Não seria melhor “dirigir” suas campanhas na marcha e conquistar resultado mais com menos?

 

Ela não só é útil para grandes empresas, mas justamente para empresários que estão se digitalizando agora para alcançar os clientes certos sem precisar de um investimento milionário.

 

Além disso, a persona também:

 

  • Ajuda você a determinar o melhor tipo de conteúdo que você deve produzir e o tom de voz mais adequado;
  • Auxilia a traçar estratégias de marketing mais direcionadas e, portanto, efetivas;
  • Permite segmentar anúncios com mais precisão, reduzindo custos com links patrocinados e aumentando as chances de conversão.

O que é persona

 

 Ela é a representação do perfil do comprador ideal, reunindo características, hábitos, desejos e objeções comuns em seus clientes reais. 

 

Com base nessas informações, fica mais fácil tomar decisões mais seguras para o seu negócio, baseadas na realidade.

 

O que significa na prática?

 

A persona reúne elementos como nome, idade, história pessoal, objetivos, motivações, sonhos, preocupações, problemas e desejos. Esses dados não são ficcionais, mas coletados com base em dados do público que a empresa quer alcançar.

 

Todos esses dados permitirá ter uma ideia mais clara de quem são seus clientes, o que eles querem, e os problemas que ele enfrenta.

 

 Assim você consegue ajustar sua comunicação, seu marketing e seu pitch de vendas. Suas campanhas, textos e imagens moldadas para se conectar com o público que está propenso a comprar seu produto.

 

Dicas práticas de como construir uma persona

 

Muito bem, agora que você já sabe o porquê de ter uma persona, vamos para dicas práticas de como criá-la para seu negócio.

 

Criando persona com base no cliente

 

Esse é o caminho mais fácil, pois parte do pressuposto que você já tem uma carteira de clientes ou leads. Fazendo com que se torne simples identificar e tratar esses dados , embora necessite de muita atenção.

 

Em geral, entrevistas e questionários são os métodos mais comuns dessa estratégia. 

 

Monte um formulário com informações relevantes para montar sua persona, exemplo:

 

  • Dados demográficos: Gênero, idade, cidade, escolaridade, cargo, segmento da empresa(se for B2B).

 

  • Dados Pessoais e profissionais: rotina, responsabilidades, desejos, problemas, obstáculos.

 

  • Principais canais: Redes sociais que usa, portal de notícias, quais assuntos mais gosta.

 

  • Relação com a empresa: O que levou a procurar a nossa empresa, como ajudamos você no seu problema, o que mais te impressionou.

 

Caso você ache que poucas pessoas iriam responder a todas essas perguntas, torne o processo mais agradável possível.

 

 Invista em um formulário temático com interações bonitinhas, ou ofereça algo para o cliente(webinário, ebook) ao final da pesquisa.

Analise os dados

 

Depois de ter esses dados em mãos, é preciso analisar todos os dados que você coletou.

 

Não há segredo, procure os pontos que a maioria dos seus clientes têm em comum, padrões nas respostas, características nos perfis dos clientes, problemas e desejos parecidos, dúvidas…

 

 É nos padrões que está o ouro, ou melhor, a persona do seu negócio.

 

Se você percebe que quase todos responderam que têm mais de 30 anos e costumam ter como maior desejo resolver o problema X. Aí estão os dados da persona.

 

Monte sua persona

 

Após finalizar com a análise dos dados, você terá um panorama de informações para completar a ficha de persona.

 

A ficha da persona deve conter as seguintes informações:

  • Nome (fictício)
  • Alguma imagem que ilustre quem é sua persona
  • Idade
  • Trabalho
  • Média salarial
  • Dados sobre a família
  • Nível de estudo
  • Desejos da pessoa
  • Medos que ela enfrenta
  • Problemas que ela almeja resolver

 

O segredo aqui está em pensar na persona como um ser humano de verdade, que vai interagir com a marca, ler os seus conteúdos, comprar os seus produtos. 

 

Um ser humano não se resume a uma lista de tópicos. Procure desenvolver um texto descritivo sobre essa pessoa que você está criando.

 

Exemplo: 

 

Luiz Antônio

Luiz, 30 anos, possui formação em nível superior em uma empresa de médio/pequeno porte. Embora entenda a importância do posicionamento, estratégia e marketing digital para gerar valor aos produtos, ele não possui equipe para aplicar esses conhecimentos em sua empresa.

Fator que acaba gerando certa defasagem em relação aos concorrentes.

Dessa forma, Luiz procura uma agência de comunicação com criatividade e performance  para que a sua empresa possa crescer.

 

Assim, com base nesse avatar, você será muito mais assertivo com a comunicação e campanhas de marketing.

Saiba mais em: Arquétipos de marca

 

Como criar uma persona sem ter clientes

 

No caso de você não ter clientes ou nenhum dado sobre eles. Há métodos mais abrangentes para se conseguir criar sua persona, mas que também podem ser bem efetivos.

 

Responda às 3 perguntas com atenção:

 

  • Que tipo de problema ou desejo seu produto ou serviço resolvem?
  • Que perfil de pessoas, e com quais comportamentos, comprariam seu produto?
  • O que tem em comum, em todas as possíveis pessoas que comprariam seu produto?

 

Outras soluções para conseguir ter mais informações sobre sua persona são:

  • Pesquisas de mercado (com respondentes que se encaixem no seu público-alvo);
  • Pesquisas com a sua base de contatos;
  • Análises do Google Analytics (se a empresa já tem um site ou blog);
  • Análise de concorrentes.

Como aplicar a persona no Marketing

 

Agora que você já tem tudo em mãos, é hora de usar a persona na prática para alcançar resultados.

 

Acredite, é bastante simples.

 

Sempre que for traçar alguma ação de marketing, use os interesses e os dados demográficos persona que você acabou de criar para configurar sua campanha.

 

Dessa forma, você terá certeza de que a mensagem será entregue para quem tem interesse nela.

 

Comunique-se nos conteúdos da estratégia de marketing, tocando nos desejos e dores dessa persona, a fim de ajudá-lo ao final do funil, a solucionar os problemas que ele enfrenta.

 

O mesmo vale para a linguagem e o canal de comunicação. Se sua persona é mais jovem, a escrita deve ser informal e adaptada para as mídias sociais.

 

Conclusão

 

O seu cliente torna-se mais propenso a comprar quando suas necessidades são conhecidas pela empresa, e ela consegue usar isso para se conectar com ele.

 

A Persona muitas vezes trará personalidade a sua marca, deixando de abraçar o mundo e agora focando nas pessoas que realmente importam.

 

Suas campanhas mais baratas e os leads melhores qualificados. 

 

Tudo pronto? Anotou todos os passos? Então comece agora a criar sua persona!

Published On: fevereiro 10th, 2021 / Categories: Tecnologia /

Inscreva-se em nossa Newsletter

e receba nossos conteúdos e materiais exclusivos em primeira mão!

Thank you for your message. It has been sent.
There was an error trying to send your message. Please try again later.

Aviso sobre a Política de Privacidade .